Festival Brasileiro de Cinema Universitário acontece em Fortaleza

Muro (SP), de Eliane Scardovelli (1)

Filmes universitários, oficinas, debates e intervenções culturais fazem parte da programação do 14º NOIA – Festival Brasileiro de Cinema Universitário, que começa segunda-feira (02), às 19h, na Casa Amarela Eusélio Oliveira, em Fortaleza (CE). A cerimônia de abertura homenageará o cineasta cearense Guto Parente pela contribuição artística ao cinema. Na sequência, será exibido o longa-metragem de suspense “A Misteriosa Morte de Pérola”, dirigido por Guto Parente e Ticiana Augusto Lima. Todas as atividades do NOIA são gratuitas.

A Mostra Nacional conta com 18 curtas-metragens universitários em competição. As exibições acontecem de 03 a 05 de novembro, sempre a partir das 19h, também na Casa Amarela. Os filmes concorrem a troféus nas seguintes categorias: melhor curta-metragem (júri oficial, júri popular e júri da crítica), direção, roteiro, montagem, edição de som, trilha sonora, fotografia, direção de arte, figurino, maquiagem, atriz, ator e intérprete coadjuvante.

O júri oficial será formado pelo cineasta Allan Deberton e pelas professoras de Audiovisual Ana Quezado (Unifor) e Daniela Dumaresq (UFC). Os curtas da Mostra Nacional também concorrem ao Prêmio da Crítica, que será concedido pelo crítico de cinema Ailton Monteiro, membro da Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine), e pelos jornalistas culturais Adriana Martins (Jornal Diário do Nordeste) e Paulo Renato Abreu (Jornal O Povo).

Criada para incentivar os jovens realizadores cearenses, a Mostra Ceará traz 10 curtas em competição. As exibições acontecem no dia 04 de novembro, às 15h, na Vila das Artes. O melhor filme do panorama será eleito por voto popular.

A cerimônia de premiação do 14º NOIA acontece no dia 06 de novembro, a partir das 19h, na Casa Amarela. Além da entrega dos troféus, o festival também prestará homenagem ao cineasta cearense Petrus Cariry. Três curtas premiados do diretor serão exibidos em seguida: “Dos Restos e das Solidões” (2006), “A Montanha Mágica” (2009) e “O Som do Tempo” (2010).

Após as exibições, o NOIA realiza coquetel de encerramento com show da banda Januei, formada em fins de 2013 que apresenta um repertório autoral repleto de sons, ecos e imagens caóticas da cidade. A banda foi selecionada a partir de inscrições pelo site oficial do evento. A festa continua a partir das 23h no Batukaya, localizado próximo ao Estoril, com DJ She Loves e convidados.

 

Programação:

Dia 02/11 (segunda-feira)
Abertura do Festival
Horário: 19h30
Local: Casa Amarela Eusélio Oliveira

Homenagem ao cineasta Guto Parente

 Filme:
“A Misteriosa Morte de Pérola” (Ficção, 62’, 2014, CE), de Guto Parente e Ticiana Augusto Lima

Dia 03/11 (terça-feira)
Mostra Nacional
Horário: 19h
Local: Casa Amarela Eusélio Oliveira

Filmes:
“QUIM:ERA” (Animação, 3min, 2015, UFPel, RS), de Taíla Soliman
“Tirarei as Medidas do teu Caixão” (Ficção, 18min, 2015, Unifor, CE), de Diego Camelo
“Muro” (Documentário, 16min, 2014, AIC, SP), de Eliane Scardovelli (FOTO)
“Encantária” (Documentário, 20min, 2015, UFC, CE), de Fernando Brasileiro
“Tempo” (Ficção, 9min, 2014, USP, SP), de Clara Bastos e Renan Ramiro
“Biquíni Paraíso” (Ficção, 16min, 2015, UFC, CE), de Samuel Brasileiro

Dia 04/11 (quarta-feira)
Mostra Ceará
Horário: 15h
Local: Vila das Artes

Filmes:
“Sonoro” (Ficção, 6min, 2015, Unifor), de Glauber Brandon
“Distante” (Ficção, 7min, 2015, Casa Amarela Eusélio Oliveira), de Arthur Gadelha
“SomBrio” (Experimental, 8min, 2015, UFC), de Íron Cavalcante
“Não Temos Receita” (Ficção, 8min, 2015, Vila das Artes), de Ãngelo Sousa
“Arianas” (Ficção, 15min, 2014, Vila das Artes), de Hylnara Anny Vidal
“Não Tão Diferentes” (Documentário, 15min, 2015, Unifor), de Mariana Xerez e João Pedro Benevides
“Nós” (Ficção, 9min, 2014, Estácio FIC), de Arnaldo Viana
“Becco do Cotovelo” (Documentário, 25min, 2015, Unifor), de Eduardo Cunha e Pedro Cela
“Borboleta Pulmão” (Ficção, 24min, 2015, UFC), de Clébson Oscar
“Lastro – Memórias do Edifício São Pedro” (Documentário, 25’, 2014, Unifor), de Rebeca Prado

Mostra Nacional
Horário: 19h
Local: Casa Amarela Eusélio Oliveira

Filmes:

“Navy” (Ficção, 19min, 2015, UFC/Vila das Artes, CE), de Delano Soares
“O Silêncio Não Está Morto, Querida Vó Helena” (Ficção, 20min, 2015, USP, SP), de William Costa Lima
“Fio-terra” (Ficção, 19min, 2015, UFF, RJ), de Ian Capillé
“Verde Chorume” (Documentário, 12min, 2015, FAAP, SP), de Roberta Bonoldi
“Quando Você Crescer” (Ficção, 19min, 2015, UFC, CE), de Paulo Matheus

Dia 05/11 (quinta-feira)
Mostra Nacional
Horário:
19h
Local:
Casa Amarela Eusélio Oliveira

Filmes:
“Taba” (Documentário, 8min, 2015, UFPE, PE), de Júlio Pereira, Matheus Beltrão e Nuno Aymar
“Muriel” (Ficção, 18min, 2015, UFC, CE), de Vanessa Cavalcante
“Madrepérola” (Documentário. 15min, 2014, Unisinos, RS), de Deise Hauenstein
“Nunca Fomos Embora” (Ficção, 25min, 2014, Unifor, CE), de Samuel Carvalho
“Vlado” (Ficção, 20min, 2014, AFI, SP/EUA), de Felipe Mucci
“Miúdo” (Ficção, 16min, 2014, UNILA, PR), de Mauricio Ferreira
“De Terça pra Quarta” (Ficção, 14min, 2015, UFC, CE), de Victor Costa Lopes

Dia 06/11 (sexta-feira)
Encerramento do Festival
Horário: 19h
Local: Casa Amarela Eusélio Oliveira

Exibição dos trabalhos realizados nas oficinas do 14º Noia

Premiação – Troféu Noia

Homenagem ao cineasta Petrus Cariry

Filmes:
“A Montanha Mágica” (Documentário, 13’, 2009, CE), de Petrus Cariry
“Dos Restos e das Solidões” (Documentário, 13’,2006, CE), de Petrus Cariry
“O Som do Tempo” (Experimental, 10’, 2010, CE), de Petrus Cariry

Coquetel de encerramento

Show da banda Januei

 

Anúncios
%d bloggers like this: